Olá!

A utilização de materiais recicláveis na construção civil já é uma realidade e deve crescer ainda mais nos próximos anos. O setor precisa de novos produtos e soluções, e muitas pesquisas e estudos já estão sendo desenvolvidos com excelentes resultados. A incorporação destes materiais sustentáveis não custa mais – ao contrário, pode até baratear a obra – , e traz inúmeros benefícios.
Conheça alguns materiais de construção produzidos por meio da reciclagem:

Tijolo PET

Tijolo usando garrafa pet triturada na sua composição tem eficiência comprovada

No Departamento de Engenharia Química do Centro Tecnológico da Universidade Federal do Pará descobriu-se que as garrafas pet podem compor tijolos para a construção civil. Neste caso, as garrafas diminuem a quantidade de cimento necessário. Os novos tijolos já passaram por testes relacionados à temperatura e dilatação, e transmissão de ruídos, e novas provas serão feitas para garantir sua utilização com total segurança.

Blocos Isopet

Combinados com areia, água e cimento, blocos isopet substituem o tijolo de cerâmica

Esta pesquisa foi realizada por estudantes do curso de Tecnologia de Construção do Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná (Cefet). Os blocos são fabricados com a utilização de garrafas pet, areia, cimento e isopor reciclado. Eles permitem a construção de paredes sem a necessidade de argamassa. Para cada 365 blocos, foram necessárias 85 garrafas pet de 2 litros.

Cimento e asfalto a partir do vidro

Austrália é o país que mais utiliza vidro moído como agregado para produzir concreto

Cacos de vidro moídos podem dar origem a cimento. O material reciclado também pode ser utilizado para a produção de concreto asfáltico. Na cidade de Americana, ele já foi utilizado com sucesso. Sua utilização é ainda mais ampla do que se pode imaginar, pois tanques sépticos de sistemas de tratamento de esgoto, filtros, janelas, clarabóias e telhas já estão sendo produzidos e testados.

Telhas ecológicas

As telhas ecológicas são a nova tendência do mundo da arquitetura e da construção civil

As composições das telhas ecológicas podem variar, mas, de modo geral, elas são feitas de fibras naturais (sisal, bananeiras, coco) ou de produtos reciclados (papel, garrafas PET). Além do mais, há telhas feitas de papelão, plástico, asfalto e alumínio prensado. E, claro, o grande destaque dessas telhas é o fato de elas não possuírem qualquer vestígio de amianto, que é uma substância altamente tóxica. além disso, estão disponíveis em várias cores e são muito modernas, mais leves e resistentes. Estes são os principais exemplos e, como você pode ver, é possível ajudar o meio ambiente a partir da escolha de materiais sustentáveis na construção civil.

Saúde e sucesso sempre! Até o próximo domingo!

Emerson Cortez é empresário e diretor da Cortez Imóveis – cortezemer@hotmail.com