Olá!!

Quer aderir aos ambientes integrados, mas, com tantos espaços juntos, não sabe criar ambientes determinados?

A cor pode auxiliar nesta tarefa: seja no piso, nos tetos ou nas paredes, o recurso cromático joga a seu favor e deixa os interiores ainda mais incríveis e cheios de personalidade. Abaixo, inspire-se em algumas maneiras de usar a cor para delimitar espaços:

Escritório na sala

Sem um quarto extra para criar um home office? Para ter um escritório na sala de um jeito descolado e atual, a parede foi pintada de duas cores que formam uma espécie de borda para o espaço reservado para os trabalhos em casa. Para garantir o efeito desejado, as prateleiras foram pintadas no mesmo tom de azul. Objetos geométricos e texturas variadas complementam a decoração.

Nicho na parede

Uma sala integrada e toda branca deu lugar a um escritório verde e rosa. A reforma usou o verde para delimitar o espaço dos computadores e a área da recepção, criando semi-nichos e aproveitando a estrutura da parede – note que a tinta vai do chão ao teto. Luminárias pendentes e plantas deixam o espaço ainda mais acolhedor.

Cantinho de leitura

A sala de estar branca ganhou canto de descanso amarelo com sofá embutido. A cor, além de ser inspiradora para ler ou trabalhar por ali, destaca a estrutura de nicho em toda a sua superfície.

Olhe para cima

Uma ideia bastante criativa e que está ganhando cada vez mais adeptos é o uso de tetos coloridos.

Piso firme

Agora, se pintar o teto parece algo muito difícil, que tal apostar no inverso e usar pisos coloridos? Esta kitnet foi totalmente integrada pelo uso do azul no piso, que garante fluidez para a casa.

Quer aderir à tendência de ambientes integrados? Veja como aproveitar recursos cromáticos a seu favor.

Saúde e sucesso sempre! Até o próximo domingo!

Emerson Cortez é empresário e diretor da Cortez Imóveis – cortezemer@hotmail.com